Porque estou sempre triste?Veja 15 dicas para ser mais feliz!

A serotonina é uma das principais substâncias químicas presentes em nosso cérebro. Sabemos hoje que ela tem um papel importante na regulação do humor e por isso o tratamento farmacológico para a depressão e outros transtornos psicológicos costuma envolver modificar os níveis serotoninérgicos.

  1. Pensar positivo – Estudos estão sendo feitos para verificar como nossos pensamentos influenciam o metabolismo do nosso cérebro. No entanto, não é novidade que a psicoterapia, por exemplo, pode alterar este metabolismo. Tente ver o lado bom das coisas (e pessoas) ao seu redor e não focar somente nos problemas.
  2. Sair de casa – Se expor à luz do sol pode fazer nosso corpo produzir mais serotonina. Curiosamente, em análises post mortem, os níveis de serotonina de pessoas que morreram no verão costumam ser maiores dos que os que morreram no inverno. Sair de casa também acaba sendo uma boa oportunidade para se engajar em novas atividades e conhecer mais pessoas.
  3. Praticar exercícios físicos – Sabe-se que praticar exercícios regularmente tem um efeito antidepressivo e ansiolítico. Os melhores resultados são vistos quando a pessoa está acostumada a fazer exercícios aeróbicos, ou seja, os resultados não vêm da noite para o dia.
  4. Mudar sua dieta – Algumas substâncias podem melhorar o nosso humor no dia-a-dia, como o triptofano e a α-Lactoalbumina (presente no leite). Além disso, uma boa alimentação poderá te fazer se sentir melhor e melhorar a autoestima.
  5.  Aceitar o que se tem: Como o Dr. José de Jesus Garcia Vega, da Universidade de Monterrey, no México, confirma, deve-se aceitar as coisas como elas são. “Gastamos um monte de tempo reclamando sobre as coisas que acontecem conosco, mas isso é um desperdício de tempo e esforço”, diz ele. “Para ser feliz, precisamos aproveitar o que temos”. Pesquisas mostram que pessoas felizes têm níveis modestos de expectativas e aspirações – eles querem o que eles podem obter. Isso é porque eles lutam por metas realistas e estão felizes com a sua sorte.
  6.  

    Gostar do que faz: Pessoas felizes fazem o que gostam e gostam do que fazem – e não o fazem por dinheiro ou glória. “Muitos esquecem que têm permissão para ser feliz no trabalho também. É comum passar os melhores anos da vida tentando ganhar dinheiro, sacrificando saúde e família no processo”, diz o Dr. Garcia Vega. Mais tarde, eles gastam o mesmo dinheiro que eles fizeram trabalhando para tentar recuperar sua saúde e família perdida.

  7.  Viver para hoje: A dica é não se debruçar sobre o passado, sobre as coisas que foram feitas de errado. Da mesma forma, não é preciso sonhar com um futuro idealizado que não existe ou se preocupar com o que não aconteceu ainda. Para ser feliz deve-se viver para o agora. Se você não pode ser feliz hoje, o que faz você pensar que amanhã será diferente?
  8.  

     Escolher a felicidade: Não tenha medo de voltar atrás e reavaliar seus objetivos. Imagine sua vida como uma história que pode ser revisada. Este tipo de abordagem flexível requer pensamento positivo e uma mente aberta ¿ é preciso escolher ativamente para ser feliz.

  9.  

     Relacionamentos: Normalmente começamos os pensamentos sobre felicidade envolvendo outras pessoas e nos apoiando em outros. Lembre-se de que, assim como outras pessoas podem nos fazer felizes, todos nós somos “outras pessoas” para alguém. Portanto, cultive os relacionamentos com os que lhe são importantes.

  10.  

     Manter-se ocupado: Pessoas ativas, ocupadas e sociais são mais saudáveis e mais felizes. Se quer ser feliz, desenvolver uma personalidade sociável – aceite convites para sair, ir a reuniões, festas. A melhor maneira de saborear o prazer está na companhia de outros. “Construir uma rica vida social”, diz M. Eunkook Suh, professor de psicologia da Universidade Yonsei, em Seul, “não como uma obrigação, mas porque é gratificante, significativa e divertida”.

  11.  

     Não comparar: “Ambição é saudável e faz as pessoas se sentirem felizes”, explica Claudia Senik, professor da Universidade de Paris-Sorbonne, mas a inveja as torna infelizes. No entanto, as comparações com os outros pode estragar os benefícios de ambição e só são úteis se você aprender algo com elas. Foque em seus objetivos e sonhos para que você possa desfrutar da sua ambição e conquistas.

  12.  

     Seja você mesmo: Assim como não se deve fazer comparações, é importante não se preocupar com o que os outros pensam – então você pode realmente ser você mesmo. Pessoas felizes são espontâneas, naturais e reais, pois eles dizem o que pensam e sentem, e não estão preocupadas com o que os outros pensam delas.

  13.  

    Parar de se preocupar: Não se leve muito a sério. Pessoas felizes não se preocupam tanto. Elas reconhecem que nunca 90 por cento das preocupações são realidade.

  14.  

     Ser organizado: Você pode invejar aqueles tipos descontraídos, boêmios que apenas fazem as coisas no calor do momento, mas não se deixe enganar. Pessoas felizes planejam e organizam, eles têm objetivos e um propósito. Você só pode obter o que deseja se sabe o que é que quer ou deseja, em primeiro lugar. Assim, enquanto os amigos cuca-fresca podem parecer felizes, eles estão na verdade, apenas à deriva.

  15.  

     Dar valor à felicidade: A felicidade pode ser aprendida, mas o significado de encontrar um propósito na vida é o que leva a ela, não o contrário. As pessoas mais felizes apreciam e percebem que ser feliz acrescenta anos à vida, e vida aos seus anos.

 

Seje feliz do jeito que você é, não mude sua rotina pelo o que os outros exigem de você simplesmente viva de acordo com o seu modo de viver.

Bob Marley

 

Se você que ser feliz, mande embora seu “severo juiz”, ouça seu coração. Valorize o que sente e seja uma pessoa verdadeira. Assuma seus sentimentos. Só diga sim depois de sentir o que realmente quer. Não tenha receio de dizer não. Deixe de contar seus problemas aos outros e perguntar o que deve fazer. Confie em seus critérios. Você pode! Experimente.

Zíbia Gasparetto

Mas sabe o que vai te deixar super feliz:Um suculento chocolate.Pois é,acredite esse doce que é tudo de bom,vai te deixar nas nuvens.Simples assim,saboreie e SORRIA!

Eles não tem nada e nem aonde morar e mesmo assim são felizes.E você,tem de tudo e reclama da vida.Então vamos SORRIR!!!

images (10)                                                                        images (9)

 

Anúncios

Ah,o meu ídolo!Sou sua fãããã!!!

Todo mundo tem um amor platônico,ou seja é aquele que está muito longe de se realizar. Por exemplo, quando a gente se apaixona pelo vocalista do Coldplay(euuu) ou pelo Harry Styles, anos mais velho do que você. Essa paixão acontece porque a gente idealiza uma pessoa e a considera perfeita. É como se a nossa vida passasse a ser perfeita também se tivéssemos a chance de namorar o moço em questão. E, no final das contas, confundimos uma grande admiração com paixonite.

A expressão “platônico” é uma referência ao filósofo grego Platão, que acreditava na existência de dois mundos: o das idéias, em que tudo é perfeito, e o real, o imperfeito. Entendeu?

E esse tipo de amor vale para qualquer carinha,seja o boy mais lindo da escola,ou até mesmo uma paixonite por um professor de escola.

Você tem todos os discos dele e grita cada vez que o superstar aparece na televisão. Na sua cabeça, namorar um ídolo seria maravilhoso.Afinal, ele parece levar uma vida tão glamourosa, está sempre sorrindo…”Nem bafo deve ter”, pensa você.
Por que não é real
Os ídolos estão a milhões de quilômetros de distância da gente. Sem contar que chegar perto deles é bem difícil.Além do mais, eles não são perfeitos. Ou você acha que o vocalista do Simple Plan nunca soltou um pum ou ficou mal-humorado?
Cuidado!
Enquanto só quer pensar no seu ídolo, outros meninos legais podem estar prestando atenção em você. É legal curtir as músicas do seu cantor favorito. Mas não se esqueça de viver dentro da sua realidade, que é bem diferente da dos famosos.

 

apaixonada_f

Bem vindo ao site da Moniscia!


Seja bem-vindo - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

Oláa amigos, sejam bem vindos ao meu blog. Na verdade vou fazer-lhes uma breve introdução porque acabei de cria-lo e ainda não sei de certo o que postar inicialmente. Para falar a verdade quero atender o público teen,pois sou também adolescente e pretendo ler e ver coisas legais como você.Então, até minha próxima postagem, e espero ter um conteúdo bem interessante para mante-lo no ar. Valeu, galera,bjss!!!

Moniscia Kieza